Roxette - A sensação sueca que trouxe Crash, Boom, Bang para o mundo

A música pop já tinha grandes astros na década de 80, mas a Suécia trouxe uma dupla que conquistou fãs pelo mundo todo. Estamos falando de Roxette, composta por Per Gessle e Marie Fredriksson. Desde o lançamento do primeiro álbum Pearls of Passion, em 1986, até o último Good Karma, em 2016, a dupla transformou o pop sueco em sucesso internacional.

O maior sucesso da dupla veio em 1994, com o álbum Crash, Boom, Bang que vendeu mais de 5 milhões de cópias em todo o mundo. A faixa-título, Crash, Boom, Bang, se tornou um hit e é até hoje uma das mais conhecidas da banda. Roxette conquistou um lugar no cenário musical mundial com a música pop contagiosa e a voz potente de sua vocalista.

Per Gessle, guitarrista e compositor da dupla, se destacou na cena musical sueca antes de fundar o Roxette, enquanto Marie Fredriksson iniciou sua carreira como artista solo. Juntos, eles encontraram uma química musical que deu certo e não apenas se estabeleceram na cena musical, como também atingiram sucesso global.

A dupla enfrentou alguns desafios, como a saúde de Marie, que foi diagnosticada com um tumor cerebral em 2002. Ela passou por um tratamento intensivo e conseguiu voltar aos palcos, mas em 2009 a doença voltou e impediu que ela continuasse com as turnês. Infelizmente, em dezembro de 2019, Marie Fredriksson faleceu aos 61 anos.

No entanto, em toda a trajetória da banda, Roxette deixa um legado de sucessos, canções românticas e uma presença forte que marcou a música pop por décadas. A música deles continua sendo ouvida e é adorada por muitos fãs em todo o mundo.

O Roxette não apenas conquistou o mercado musical mundial, mas também teve grande influência e impacto na cena sueca e foi uma grande inspiração para novos artistas do país.

Em resumo, a banda Roxette é uma daquelas lendas da música pop, que abalou o mundo com sua energia e carisma. O sucesso colossal do álbum Crash, Boom, Bang e a faixa-título imortalizada pela música cativante e memorável demonstram a razão pela qual o Roxette ainda está vivo nos corações e nas memórias de muitas pessoas que amam a música pop.